Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A PARÁBOLA DOS TRABALHADORES DA ÚLTIMA HORA

A PARÁBOLA DOS TRABALHADORES DA ÚLTIMA HORA

Jesus, certa feita, narrou a parábola que ficou conhecida como a dos “trabalhadores da última hora”, tida como uma das de interpretação mais difícil. Todavia, utilizando a fé raciocinada, que a Doutrina Espírita nos recomenda, tentemos compreender o que o Divino Mestre quis nos ensinar. Segue abaixo o texto, conforme Mateus 20:1-16: “O reino dos céus é semelhante a um pai de família...

23 de janeiro de 2012 
A QUEM MUITO É DADO MUITO É PEDIDO

A QUEM MUITO É DADO MUITO É PEDIDO

A evolução representa um dos mais importantes esclarecimentos que o Divino Mestre, através dos Seus Emissários, trouxe para a humanidade encarnada, a qual, segundo o Espírito André Luiz, se processa através das sucessivas reencarnações de cada ser desde os estágios mais simples até alcançar a fase humana, daí seguindo adiante para a angelitude. Quando atingimos a fase humana, ou seja,...

23 de janeiro de 2012 
A SOLIDARIEDADE

A SOLIDARIEDADE

Quando Jesus foi pregado na cruz, estavam presentes quatro dos Seus seguidores: Sua Mãe Maria, Joana de Cusa, Maria de Magdala e João. Tratavam-se de três mulheres, sendo a primeira uma senhora já viúva e idosa, segundo a expectativa de vida da época; a segunda que era viúva, que tinha um filho jovem, portanto, estando possivelmente na faixa dos quarenta anos; a terceira, solteira, tida como...

23 de janeiro de 2012 
AS MARCAS DO CRISTO

AS MARCAS DO CRISTO

O apóstolo Paulo afirmou: “Quanto a mim, ninguém me moleste, porque eu trago no corpo as marcas do Cristo.” Podemos entender que Paulo não queria “suplicar” aos seus perseguidores que parassem de maltratá-lo fisicamente pelo fato de já estar coberto de cicatrizes e, naturalmente, limitações devidas às várias agressões que já tinha sofrido até aquele momento do seu apostolado. Quanto...

23 de janeiro de 2012 
COMPREENSÃO SOBRE A SEXUALIDADE

COMPREENSÃO SOBRE A SEXUALIDADE

O grande Missionário Moisés, obedecendo ao Comando do próprio Jesus, talhou na pedra simbólica os Dez Mandamentos, que representaram o máximo de conhecimento da humanidade de então sobre as Leis Morais. Ali incluiu uma regra sobre a sexualidade quando falou: “não cobiçarás a mulher do próximo”. Jesus, quando de Sua Encarnação na Terra, avançou mais ainda no esclarecimento humano, ensinando:...

23 de janeiro de 2012 
FRANCISCO DE ASSIS: O BIÓLOGO DE DEUS

FRANCISCO DE ASSIS: O BIÓLOGO DE DEUS

Francisco de Assis era reconhecido como “menestrel de Deus”, pois compunha lindas canções de louvor ao Pai Celestial. Todavia, talvez lhe seja também adequada a expressão “biólogo de Deus”, pois, muitos séculos antes do Espírito André Luiz demonstrar a irmandade universal entre todas as criaturas de Deus, através do livro “Evolução em Dois Mundos”, psicografado por Francisco...

23 de janeiro de 2012 
O ENGAJAMENTO DO DISCÍPULO

O ENGAJAMENTO DO DISCÍPULO

Quando Jesus convidou Zaqueu, Saulo e Maria de Magdala para O seguirem não tergiversaram um segundo sequer e aderiram, de pronto, à proposta de reforma interior que o Divino Pastor lhes apresentava. Assim também fizeram os Apóstolos e muitas outras pessoas cujo nome a História do Cristianismo não registrou. Aliás, os registros históricos terrenos costumam mesmo ser incompletos ou até inverter...

23 de janeiro de 2012 
O ESPÍRITO DORME NO MINERAL

O ESPÍRITO DORME NO MINERAL

O Capítulo II de “O Livro dos Espíritos” trata dos Elementos Gerais do Universo, onde se afirma que, além de Deus, há no Universo três outras realidades: a matéria, o Espírito e o fluido cósmico universal, que é um elemento intermediário entre os dois últimos, sendo “a matéria propriamente dita muito grosseira para que o Espírito possa exercer alguma ação sobre ela.” (v. questão...

23 de janeiro de 2012 
O MEU REINO NÃO É DESTE MUNDO

O MEU REINO NÃO É DESTE MUNDO

Pode-se entender que, quando Jesus afirmou: “O Meu Reino não é deste mundo” estaria querendo afirmar que o objetivo de cada ser humano deve ser a vida em boas condições de equilíbrio no mundo espiritual, sendo que a vida material é mera preparação para se viver bem aquela outra. Jesus falava, muitas vezes, de maneira simbólica, porque as palavras eram insuficientes para traduzir as informações...

23 de janeiro de 2012 
O PÃO NOSSO DE CADA DIA DAI-NOS HOJE

O PÃO NOSSO DE CADA DIA DAI-NOS HOJE

Quando surgiu, no nosso planeta, o instituto jurídico da propriedade, os seres humanos começaram a disputar entre si os objetos de que conseguiam se apropriar, os pedaços de terra que pudessem administrar e, depois de muitos milênios de vivência e experimentação, chegamos à realidade atual, em que as pessoas necessitam de dinheiro para adquirir os bens necessários à própria subsistência...

23 de janeiro de 2012