MANDÉ BUKARI, O DESCOBRIDOR DA AMÉRICA E AS RELIGIÕES ANIMISTAS DO BRASIL (livro)

Publicado a 13 de novembro de 2017 por lgm 

O PRECONCEITO RACIAL POR TRÁS DA NEGATIVA

Para quem duvida sistematicamente da versão que transcrevo neste livro, vai aqui uma afirmação de quem não tinha motivo algum para valorizar, sem merecimento, Abukakari II e, até pelo contrário,  afirmando o que afirmou, estava desmerecendo os espanhóis, os quais literalmente dizimaram os astecas, que, antes do genocídio, chegaram a conhecer os africanos, pelo que podemos deduzir das palavras desse que é considerado o primeiro historiador das Américas: Pedro Martyr, citado por Nigel Thomas, que publicou seu livro “De Orbe Novo” em 1530. Pedro Martyr diz: “Atualmente estamos tendentes a reconhecer que uma das representações do deus asteca Quetzalcóatl assumiu a forma de uma pessoa negra, provavelmente do rei do Mali Abubakari II, que partiu da costa senegalesa em 1311, com uma esquadra de 2.000 barcos. Sua intenção era de descobrir o que existia do outro lado do Atlântico.” (p. 94 do livro de Gaoussou Diawara). Clique aqui para baixar o livro MANDÉ BUKARI, O DESCOBRIDOR DA AMÉRICA E AS RELIGIÕES ANIMISTAS DO BRASIL.

Este artigo foi arquivado em Livros

Deixe o seu Comentário